Internacional

Colaborador da Porta dos Fundos assassinado no Rio de Janeiro

Um amigo do produtor adiantou que este terá sido morto por causa de um telemóvel, de um passe de transporte e alguns trocos.

O diretor e produtor brasileiro Cadu Barcellos, de 34 anos, que colaborou com o programa de humor Porta dos Fundos, foi morto à facada na madrugada de terça-feira no Rio de Janeiro.

A informação foi confirmada pela Polícia e por amigos de Cadu Barcellos, que pensam que a sua morte terá acontecido na sequência de um assalto.

O produtor tinha saído de um carro, de uma aplicação de transporte, próximo de uma entrada do metro no centro do Rio de Janeiro. Segundo o G1, foi visto a gritar por socorro por volta das 3h30 locais (6h30 em Lisboa), tendo posteriormente caído inanimado no chão.

A Polícia Militar recebeu um alerta mas quando chegou ao local já encontrou o produtor sem vida. Entretanto, já foi aberta uma investigação.

As autoridades confirmaram que foram detetados no corpo de Cadu Barcellos "ferimentos causados por instrumento cortante, principalmente na região do peito".

Um amigo disse, ao G1, que "possivelmente Cadu foi assassinado por causa de um telemóvel, de um Riocard [passe de transporte do Rio de Janeiro] e alguns reais".