Economia

Apoios à restauração em 1.103 milhões de euros. 25 milhões pelo encerramento nos fins de semana

Setor da restauração totaliza mais de 1.100 milhões de euros em medidas de apoio.

O ministro da Economia e Transição Digital anunciou, este sábado, que o Governo vai disponibilizar um total de 1.103 milhões de euros em medidas de apoio ao setor da restauração.

Em conferência de imprensa, Pedro Siza Vieira explicou que a medida de apoio extraordinário às perdas da restauração nos dois fins de semana de recolher obrigatório a partir das 13h00, anunciada por António Costa na quinta-feira, será no valor de 25 milhões de euros.

O ministro abordou as medidas até agora anunciadas para o setor e adiantou que o Executivo irá gastar 1.103 milhões de euros em medidas que já foram implementadas desde o início da pandemia, bem como as que vão avançar. Deste valor, 500 milhões são a fundo perdido.

Segundo Pedro Siza Vieira, este valor serve para compensar as perdas do setor nos primeiros nove meses do ano, avaliadas em 1.860 milhões de euros. No entanto, o governante admite que “é impossível compensar integralmente as perdas” da restauração.