Sociedade

Morreu coronel Luís Macedo, um dos 'capitães de Abril'

Mais tarde foi "braço direito e o principal apoio" de Otelo Saraiva de Carvalho.

O coronel Luís Macedo, que fez parte do grupo de engenharia do exército que concebeu e organizou o plano da revolução de 1974, faleceu vítima de covid-19, anunciou o presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço.

É com imenso pesar e enorme dor que comunicamos o falecimento do nosso sócio fundador, coronel Luís Ernesto Albuquerque Ferreira de Macedo, após uma prolongada e dura luta contra a covid-19. Luís Macedo foi um dos principais capitães de Abril, com relevante importância em todo o processo do 25 de Abril", referiu Vasco Lourenço.

Em comunicado, o presidente da Associação 25 de Abril destacou que Luís Macedo integrou "um notável grupo da engenharia do Exército, que se distinguiria no coletivo do Movimento dos Capitães, mola impulsionadora e agente fundamental da libertação de Portugal e dos portugueses".

O coronel Vasco Lourenço apontou depois que Luís Macedo foi "braço direito e o principal apoio" de Otelo Saraiva de Carvalho.

"Se na conceção da ordem de operações foi de enorme importância, seria na obtenção e organização do espaço onde se instalou o Posto de Comando do MFA (Movimento das Forças Armadas) que o papel de Luís Macedo foi determinante. Foi ele que na sua unidade, o RE1, organizou, preparou e coordenou a partir do posto na Pontinha, onde Otelo [Saraiva de Carvalho] e a sua equipa dirigiram todas as operações", salientou Vasco Lourenço.