Sociedade

Vídeo mostra homem a interromper missa no Entroncamento com mensagem contra cristãos

Mais tarde, pediu desculpa e admitiu estar alcoolizado.

Um homem interrompeu uma missa, este domingo, que estava a ser celebrada na Igreja da Sagrada Família, no Entroncamento, e a ser transmitida em direto pelo Facebook da paróquia.

Pelas 9h30, um homem irrompeu pela igreja dirigindo-se ao microfone, quando estava um paroquiano a cantar o salmo, e afirmou: “Vocês têm de sair de África. Não queremos cristianismo em África. Queremos construir a nossa África”.

O padre que estava a celebrar a missa ainda tentou apelar ao homem, mas este gritou-lhe: “Cala a boca”.

O microfone, entretanto, foi silenciado e as autoridades foram alertadas para a situação, quando chegaram ao local o homem, que interrompeu a missa, estava já no largo da igreja.

Esta segunda-feira, a PSP emitiu um comunicado, a que o SOL teve acesso, no qual esclarecia que “os Polícias do Comando Distrital de Santarém/Esquadra do Entroncamento” receberam a informação sobre as perturbações através de uma chamada telefónica e que se dirigiram de imediato para o local.

“No largo da igreja os Polícias foram de imediato abordados por um cidadão, que os informou ter interrompido a celebração eucarística, pedindo muitas desculpas pelo ato. O mesmo cidadão justificou o seu comportamento por não se encontrar bem, nomeadamente por ter ingerido bebidas alcoólicas”, lê-se no comunicado.

A PSP adiantou ainda que vai dar parte da ocorrência à Procuradoria da República da Comarca de Santarém – Núcleo do Entroncamento e que o cidadão foi “identificado e encaminhado ao seu domicílio”.