Vida

Jovem acordou com a cara a parecer "uma bola de futebol" após pintar o cabelo e deixa alerta

"Estava no inferno".

Uma jovem, de 20 anos, natural da Bulgária, viu a sua cara inchar depois de sofrer uma reação alérgica ao pintar o cabelo. A jovem partilhou a história para alertar as pessoas e a pedir que tenham a certeza de que não são alérgicas antes fazer este tipo de procedimento.

Valetina Nikolova decidiu pintar o cabelo de um tom mais escuro num salão. 24 horas depois, a estudante de psicologia começou a sentir comichão no couro cabeludo.  Após questionar o cabeleireiro, e depois de este dizer que era “normal”, a jovem não se preocupou com o assunto. No entanto, no dia seguinte, acordou com a cara inchada e dificuldade em abrir os olhos.

Valentina teve de recorrer a um alergologista e agora está a alertar para a importância de fazer um teste de contacto antes de pintar o cabelo.

“Quando comecei a coçar-me, estava no inferno. Sabem quando ficam com uma queimadura do sol e cada movimento é doloroso? Foi pior do que isso", disse, citada pelo Mirror, referindo que a sua cara parecia "uma bola de futebol".

A jovem sofreu uma reação alérgica a uma substância química encontrada na maioria das tintas de cabelo chamada parafenilenodiamina (PPD).
 
“Não fiz um teste e aconselho as pessoas a fazerem antes de pintar o cabelo para evitarem isto”, disse Valentina.