Internacional

Espanha é o segundo país da Europa com mais casos de covid-19 acumulados

O país registou esta terça-feira o número mais elevado de óbitos da segunda vaga da pandemia.

Segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde de Espanha, o país registou esta terça-feira mais 13.159 casos de coronavírus e o número mais alto de mortes diárias da segunda vaga da pandemia – 435 óbitos. Desde o começo da pandemia já foram infetadas 1.510.023 pessoas, das quais já morreram 41.688.

Depois de França, com mais de 1,9 milhões de casos desde o início do ano, Espanha é agora o segundo país com o maior número acumulado de casos na Europa.

No entanto, o diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias, Fernando Simón, afirmou esta terça-feira em conferência de imprensa que os números “estão a baixar mais rapidamente do que as previsões”, pelo que considera possível chegar aos 25 casos por 100 mil habitantes daqui a 14 dias.

Existem por esta altura 20.007 doentes com o novo coronavírus internados nos hospitais espanhóis, dos quais 3.156 estão em unidades de cuidados intensivos.

Sublinhe que no âmbito da pandemia, o Conselho de Ministros espanhol aprovou esta terça-feira a redução do IVA sobre máscaras cirúrgicas descartáveis, passando dos atuais 21% para uma taxa reduzida de 4% até 31 de dezembro de 2021. Também o preço máximo de venda destas máscaras não pode superar a partir de hoje no país os 0,72 euros. Antes, o preço máximo estava fixado nos 0,96 euros.