Economia

Altice congratula-se com "retratação" da ANACOM mas insiste nas críticas ao regulador

Empresa diz que Autoridade das Comunicações reconheceu publicamente o erro, confirmando o que Altice já tinha afirmado.

A Altice Portugal “congratula-se com o facto de a ANACOM vir publicamente reconhecer o seu erro, na acusação de aumento de preços por parte dos Operadores de Telecomunicações”, esclarece a empresa num comunicado a que o i teve acesso.

“A informação agora veiculada pela ANACOM vem confirmar aquilo que já havia sido dito pela Altice Portugal (e por outros operadores) de que não houve qualquer aumento de preços aos clientes”, sublinha.

O grupo empresarial, detentor da operadora MEO, faz questão de frisar que a situação mencionada “no estranho comunicado” emitido, na terça-feira, pela Autoridade das Comunicações se refere “apenas a uma de entre várias dezenas de alterações de novas ofertas a novos clientes, normais e recorrentes num Mercado concorrencial, e que consubstanciam alterações de tarifários de acordo com as dinâmicas do Mercado, adaptando para cima ou para baixo o valor dessas ofertas”.

Para a Altice, fica agora “evidente” que as velocidades mencionadas “eram decorrentes de mecânicas promocionais, elas próprias normais num mercado aberto”.

Por outro lado, a empresa deixa também uma crítica ao regulador: “Não podemos porém deixar de lamentar que, numa primeira comunicação, a ANACOM tenha vindo a induzir os portugueses em erro, tentando uma vez mais denegrir o Setor das Comunicações”.