Internacional

Presidente do Parlamento Europeu diz que credibilidade da UE depende da resposta ao desafio migratório

“Só seremos um ator global credível se mostramos que somos capazes de enfrentar um dos maiores desafios estruturais que o mundo enfrenta"

O Presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, deu esta quinta-feira uma conferência de alto nível sobre as Migrações e Asilo na Europa, pondo o ónus da credibilidade internacional da União Europeia (UE) na sua resposta à crise migratória.

“Só seremos um ator global credível se mostramos que somos capazes de enfrentar um dos maiores desafios estruturais que o mundo enfrenta atualmente, se mostrarmos que, em conjunto, conseguimos gerir as nossas fronteiras externas”, sublinhou David Sassoli.

O italiano relembrou também que a UE “deve acolher” as pessoas “que lhe pedem proteção”, aceitando a proposta da Comissão Europeia para criar um pacto de migração e asilo. 

Sassoli concluiu a sua apresentação, afirmando que “o bloco europeu necessita um sistema de regras para salvar pessoas no mar sem fazer de quem as salva criminosos. O novo sistema de migração da União Europeia deverá também criar canais legais para a imigração laboral, bem como criar uma rede de trabalho para a polícia e serviços de inteligência, de forma a desmantelar grupos criminosos”.

Segundo estatísticas da Agência de Refugiados das Nações Unidas, só em 2020, mais de 80.000 migrantes chegaram a Itália, Grécia, Espanha, Chipre e Malta através de rotas por terra e mar, que partem da Turquia e do Norte de África. Em 2019, o total de migrantes atingiu 123.663.