Sociedade

Autarcas de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras contra medidas mais restritivas de combate à covid-19

Os autarcas saíram em “defesa das suas populações” e enviaram uma carta ao primeiro-ministro, para manifestar “discordância” caso o estado de emergência seja renovado e o Governo imponha medidas ainda mais restritivas nestes conselhos.

Apesar de o Governo só anunciar no sábado as novas medidas de combate à covid-19, os presidentes das Câmaras Municipais de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras já se juntaram para se mostrarem contra “medidas ainda mais cerceadoras dos direitos e liberdades individuais destas populações e castradoras da atividade económica”.

Os autarcas saíram em “defesa das suas populações”, num comunicado enviado às redações, que cita uma carta enviada ao primeiro-ministro, para manifestar “discordância” caso o estado de emergência seja renovado e o Governo imponha medidas ainda mais restritivas nestes conselhos.

Apesar de estas regiões continuarem a registar números “alarmantes” de infetados com covid-19, os presidentes apontam que ao longo da última semana os resultados se tornaram “francamente animadores”, uma vez que, segundo relatam os autarcas, a população e as instituições têm cumprido todas as regras definidas pelo Governo, “inclusive, um conjunto de medidas complementares tendentes ao controlo e combate da propagação desta doença, bem como para mitigação das suas consequências, ao nível económico e social”.