Internacional

Trump manda iniciar transição de poder para Biden

Donald Trump “recomendou” à sua administração que dessem início aos processos de passagem para a equipa de Joe Biden.

O ainda Presidente dos EUA recorreu ao Twitter, a sua rede social favorita, para declarar: “No melhor interesse do nosso país, recomendei a Emily [Murphy, responsável da Administração dos Serviços Gerais dos EUA] e à sua equipa para fazerem o que tem de ser feito em relação aos protocolos inicias [de transição de administrações], e disse à minha equipa para fazer o mesmo”.

Não tendo admitido a derrota, o republicano confessou ainda acreditar que os resultados eleitorais possam vir a dar-lhe a vitória, prometendo “manter a boa luta e acredito que vamos prevalecer”.

Em causa estão os vários estados de “grande peso” dentro do Colégio Eleitoral, como a Geórgia e a Pensilvânia, que têm vindo a declarar a vitória de Joe Biden nos últimos dias. Segundo informação da Associated Press (AP), a Administração de Serviços Gerais dos Estados Unidos deu Joe Biden como o “aparente vencedor” das eleições presidenciais, informação que abre caminho para a transição formal do poder.

Os gritos de fraude eleitoral começaram mesmo antes da noite eleitoral, e mantiveram-se ao logo das seguintes semanas, com Donald Trump a recorrer ao Twitter para declarar a sua falta de confiança nestas eleições, pedindo uma e outra vez que os votos fossem contados “corretamente”.