Sociedade

Julgamento de Rui Pinto suspenso, depois de juíza ter contacto com caso positivo de covid-19

O julgamento está suspenso durante, pelo menos, 14 dias.

O julgamento de Rui Pinto foi suspenso, esta quarta-feira, depois de uma das juízas ter estado em contacto com um familiar que testou positivo para a covid-19.

Segundo a RTP, trata-se da mãe de uma das juízas do coletivo.

A 27.ª sessão do julgamento do Football Leaks, que decorria esta quarta-feira, no Campus de Justiça de Lisboa, ainda arrancou por volta das 10h45. No entanto, foi interrompida cerca de 15 minutos depois, com o coletivo de juízes a ausentar-se da sala. Mais tarde, a presidente do coletivo, a magistrada Margarida Alves, regressou para comunicar que um dos juízes tinha acabado de receber a informação de que um familiar estava infetado, anunciando assim a suspensão do julgamento durante, pelo menos, 14 dias.

"Vamos interromper o julgamento para os próximos 14 dias. Não sei quando poderemos retomar, serão depois notificados", declarou a presidente do coletivo de juízes.

Recorde-se que Rui Pinto, o principal arguido do processo, responde por 90 crimes.