Sociedade

Hacker português detido por ataque no Brasil

Acesso indevido foi praticado durante as eleições autárquicas brasileiras.


A Polícia Judiciária, em colaboração com a Polícia Federal Brasileira, deteve, em Portugal, o hacker suspeito de invadir sistemas do Tribunal Superior Eleitoral do Brasil durante as eleições autárquicas no dia 15 de novembro.

Sublinhe-se que o jovem português, de 19 anos, estava em prisão domiciliária há cerca de seis meses por ataques semelhantes aos sistemas da EDP e da Altice.

Foram também detidos três homens no Brasil que se dedicariam à prática continuada de crimes de acesso indevido, dano informático e sabotagem informática.

As autoridades revelaram ainda que da operação, que em Portugal foi comandada pela Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e Criminalidade Tecnológica da PJ, foram apreendidos meios informáticos.

O detido português vai ser presente às autoridades judiciais no âmbito do primeiro interrogatório judicial, após o qual ficará a conhecer as medidas de coação que lhe serão aplicadas.