Sociedade

Portugal regista novo máximo de doentes com covid-19 em Cuidados Intensivos

Norte continua a ser a região com mais casos e óbitos diários.

O boletim da Direção-Geral da Saúde sobre o ponto de situação da covid-19 em Portugal, divulgado este domingo, revela que 64 pessoas morreram nas últimas 24 horas e que foram confirmados 3.093 novos casos. Desde o início da pandemia, o país acumula um total de 294.799 infetados, dos quais 4.427 acabaram por morrer.

A Região Norte volta a ser responsável pela maioria dos novos contágios, concentrando 2.490 dos casos das últimas 24 horas, segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo com mais 979 infetados, o Centro com mais 444, o Alentejo com mais 84 e o Algarve com mais 49 casos confirmados. Já as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira registam, respetivamente, mais 37 e 10 infeções.

Em relação aos óbitos, o Norte foi também a região onde ocorreram mais óbitos por covid-19, 31 de um total de 64. Na Grande Lisboa foram reportadas 22 mortes associadas à doença, no centro oito, no Alentejo duas e no Algarve uma.

O boletim deste sábado revela ainda que o número de doentes internados aumentou. Há agora 3.245 doentes com covid-19 nos hospitais portugueses, mais 90 do que ontem. Destes, 536, mais sete face ao último balanço, estão em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) – um novo máximo.

Por outro lado, mais 3.259 pessoas venceram a doença nas últimas 24 horas, elevando para 209.534 o total de recuperados no país desde o início da pandemia.

Há agora 80. 838 casos ativos de covid-19 em Portugal e as autoridades de saúde têm 80.288 contactos em vigilância.

Consulte o boletim na íntegra