Sociedade

Novas medidas para Natal e Passagem de Ano anunciadas no sábado

As medidas para o Natal são ainda uma incógnita, mas o primeiro-ministro não deixa dúvidas para a Passagem de Ano


"Vamos todos fazer o esforço para podermos ter o Natal com as melhores condições possíveis, mas logo a seguir, há uma coisa que posso antecipar desde já, é que a passagem do ano vai ter todas as restrições porque aí não pode haver qualquer tipo de tolerância", avisou António Costa.

O primeiro-ministro, em entrevista à Rádio Observador, deixou pistas sobre como serão as próximas semanas, anunciando que no sábado, após a reunião no Infarmed na quinta-feira, serão anunciadas as medidas a aplicar em futuros Estados de Emergência. "O Governo propôs ao Presidente da República, e o senhor Presidente da República aceitou que desta vez, quando anunciarmos a renovação do estado de emergência, possamos anunciar não só as medidas para a próxima quinzena como as medidas para a quinzena seguinte, ou seja, até 6, 7 de janeiro", revelou o PM.

Em relação ao plano de vacinação, António Costa anunciou que será revelado na próxima quinta-feira, afirmando que não há atrasos, uma vez que as vacinas só deverão chegar em janeiro de 2021. Houve ainda tempo para referir que "o ritmo dos novos casos está a diminuir", uma consequência das medidas de contenção, que, assim, "estão a produzir efeito".