Vida

Ellen Page assume-se como transgénero e passa a identificar-se como Elliot

O ator fez a revelação esta terça-feira. “Eu adoro ser trans. Adoro ter um género não-binário. E quanto mais abraço quem verdadeiramente sou, mais o meu coração cresce e sonha”, disse.


Até esta terça-feira, Elliot Page era reconhecido pelo público como sendo a atriz Ellen Page. Tudo mudou, quando publicou um texto na rede social Twitter a anunciar que é transgénero e, por isso, já não se identifica como Ellen nem com pronomes femininos.

“Olá amigos, quero partilhar convosco que eu sou transgénero, o meu pronome é ele/eles e o meu nome é Elliot”, disse o ator num comunicado publicado no Twitter.

Apesar de admitir que está feliz por finalmente admitir publicamente a sua identidade de género, Elliot confessa que tem “medo” e pede “paciência”.

“A verdade é que, apesar de me sentir verdadeiramente feliz neste momento, e apesar de saber o imenso privilégio que tenho, também estou assustado. Assustado por causa do ódio, das ‘piadas’, da violência”, disse. Para exemplificar, o ator fez questão de usar alguns números que provam esta discriminação, dizendo que pelo menos 40 transexuais foram assassinados este ano – a maior parte mulheres negras ou latinas. O ator acrescentou ainda que 40% dos adultos trans já se tentaram matar, pelo que aponta o dedo aos políticos dizendo que “têm sangue nas mãos”. “Negam o nosso direito de existir”, escreveu, dirigindo-se aos líderes políticos.

“Eu adoro ser trans. Adoro ter um género não-binário. E quanto mais abraço quem verdadeiramente sou, mais o meu coração cresce e sonha”, admitiu. “Estou a ver-vos, adoro-vos e vou fazer tudo para mudar o mundo para melhor”, completou.

Leia aqui a mensagem completa deixada por Elliot Page, de 33 anos.