Sociedade

Portugal ultrapassa número oficial de óbitos por covid-19 da China

A grande maioria das 68 vítimas mortais, das últimas 24 horas, tinha 80 ou mais anos.

Foram confirmados, nas últimas 24 horas, 3.384 novos contágios, um dos registos mais baixos a uma quarta-feira das últimas semanas, elevando para 303.846 o total de infetados, contabilizados desde o início da pandemia no país.

O balanço da DGS, divulgado esta quarta-feira, revela também que a soma dos óbitos associados ao coronavírus é agora de 4.645, depois de terem sido registadas mais 68 mortes desde ontem. Sublinhe-se que com estes dados, Portugal ultrapassa o número de vítimas mortais da covid-19 da China, país onde terá sido detetado pela primeira vez o coronavírus e no qual morreram 4.634 pessoas devido à doença.

O Norte continua a ser a região com mais casos diários, tendo sido registadas mais 1.857 infeções. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo com 939 novos contágios, o Centro com 401 casos, o Alentejo com 85 e o Algarve com 74. Já o arquipélago dos Açores regista 22 novos casos e o da Madeira mais seis casos.

Em relação à distribuição geográfica dos óbitos, é também no Norte que se registaram mais mortes por covid-19, tendo morrido mais 36 pessoas na região. Na Grande Lisboa ocorreram 23 mortes, no Centro sete e no Alentejo duas. A grande maioria das vítimas mortais tinha 80 ou mais anos.

Internados nos hospitais encontram-se agora 3.338 doentes, mais 63 do que no balanço anterior, dos quais 525 – mais quatro do que ontem – estão nos cuidados intensivos.

Por outro lado, recuperaram da doença mais 2.569 pessoas, elevando o total de doentes curados para 223.446.

Atualmente, existem 75.755 casos ativos e as autoridades de saúde têm sob vigilância 78.815 contactos.

Consulte o boletim na íntegra