Sociedade

Homem acusado de 452 crimes sexuais contra as filhas em Famalicão

Abusos começaram quando as crianças tinham 13 anos, uma delas foi alvo até aos 21.

Um homem, de 44 anos, foi acusado pelo Ministério Público de 452 crimes de abuso sexual de crianças e de violação contra as duas filhas menores.

As vítimas, segundo o Correio da Manhã, começaram a ser abusadas quando tinham 13 anos e uma delas foi violada até aos 21.

Além das filhas, o arguido também agredia a mulher.