Internacional

Rússia investiga roubo de material a avião desenhado para guerra nuclear

Foram roubadas 39 unidades eletrónicas ao "Avião do Juízo Final"

Um grupo de assaltantes levou equipamento técnico de uma aeronave militar de perfil ultrassecreto russa, apelidada de “Avião do Juízo Final”, projetada para ser utilizada numa guerra nuclear. As autoridades já montaram uma operação de caça ao homem, adianta a Reuters.

Quando uma equipa realizava trabalhos de manutenção no avião Ilyushin Il-80, a aeronave foi assaltada, mas o roubo só foi descoberto no início desta semana. Na passada sexta-feira deu-se pela falta de 39 unidades eletrónicas pertencentes ao “Avião do Juízo Final” e foram encontrados sinais de invasão pela escotilha de carga.

Segundo comunicado da polícia da região de Rostov, sem adiantar mais detalhes, as autoridades adiantaram que a operação de buscas ainda está a decorrer, mas não foi encontrado qualquer suspeito. O material roubado valia cerca de um milhão de rublos, ou seja, cerca de 11 mil euros, acrescentou ainda a polícia.

O equipamento terá sido roubado porque algumas unidades do avião foram montadas com recurso a metais preciosos, como ouro e platina, acreditam alguns especialistas russos. É que a aeronave foi modificada a partir de um avião a jato da União Soviética, que foi utilizado no final da Guerra Fria como posto de comando aéreo para altos oficiais controlarem as suas tropas.

O roubo aconteceu pouco depois de o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ter investido muito dinheiro na reforma do exército do país. O Kremlin já garantiu que vão ser tomadas medidas para impedir que uma situação como esta se repita.