Internacional

Jovem de 18 anos morre congelado depois de ficar uma semana preso em carro na Rússia

Vítima mortal e amigo viram o carro ficar parado numa estrada abandonada.


Um jovem, de 18 anos, congelou até à morte, depois de ficar preso no carro, numa estrada abandonada na Rússia.

Sergey Ustinov e um amigo, Vladislay Istomin, seguiram as instruções do GPS, que acabou por enviá-los por um atalho desativado. No entanto, o carro terá embatido num ramo de árvore durante o percurso e ficou imobilizado. Sem rede de telemóvel, nem aquecimento, durante uma tempestade de neve e com temperaturas que podem ultrapassar aos 50 graus negativos, não tinham como pedir ajuda.

Os dois ficaram presos no carro durante uma semana, até serem encontrados por equipa de resgate. Sergey não conseguiu sobreviver, enquanto o amigo estava milagrosamente vivo, mas em hipotermia aguda.

"O carro foi abaixo e não tinha os sistemas elétricos operacionais. Os dois jovens ainda tentaram fazer uma fogueira com um dos pneus, mas sem sucesso. O ferido que foi transportado ao hospital está a lutar pela vida nos cuidados intensivos", adiantou uma porta-voz da polícia.

Sergey e Vladislay dirigiam-se de Yakutsk, a cidade mais fria do mundo, para Magadan. A estrada por onde seguiram e onde acabaram por ficar presos foi abandonada nos anos 70.

Veja a fotogaleria.