Internacional

China recomenda que comissários de bordo usem fralda para evitar contágio da covid-19

Foram publicadas novas medidas de prevenção para evitar a propagação da covid-19 entre os funcionários do setor da aviação.


A Administração de Aviação Civil da China anunciou recentemente várias medidas preventivas para os funcionários do setor devido à pandemia de covid-19. Entre estas está a recomendação do uso de fraldas descartáveis por parte dos comissários de bordo.

De acordo com a CNN, no passado dia 25 de novembro, foi publicado o documento "Diretrizes Técnicas para Prevenção e Controle de Epidemias em Companhias Aéreas, Sexta Edição", com novas recomendações acerca das práticas de higiene a ser adotadas nos aviões e aeroportos – uma delas sugeria o uso de fraldas descartáveis por parte dos comissários de bordo, de forma de evitar o uso da casa de banho.

“Recomenda-se que os tripulantes de cabine usem fraldas descartáveis e evitem usar as casas de banho, exceto em circunstâncias especiais para evitar riscos de infeção", refere o documento, citado pela CNN, apontando assim para o facto de as casas de banho serem dos espaços onde se acumulam mais bactérias e, no caso dos aviões, serem mais pequenas.

O documento apresenta várias medidas de prevenção, mas, regra geral, mais comuns, como é o caso do uso de máscaras, luvas descartáveis, óculos de proteção, toucas descartáveis ou roupas de proteção descartáveis.