Internacional

Vacina da AstraZeneca e Sputnik V vão ser testadas em conjunto

Esta colaboração vem depois de se ter concluído que nenhuma destas duas vacinas estará pronta até ao final do ano

A vacina contra a covid-19 da AstraZeneca e a Sputnik V, da Rússia, vão desenvolver “um programa conjunto de ensaios clínicos”, anunciou esta sexta-feira a filial da AstraZeneca na Rússia.

“Anunciamos um programa conjunto de ensaios clínicos para avaliar a segurança e imunogenicidade da combinação da ASD1222, desenvolvido pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, e a Sputnik V, desenvolvida pelo instituto de pesquisa Gamaleya”, diz o comunicado lançado pela filial, que adiantou que os testes clínicos serão feitos apenas em pessoas com 18 anos ou mais.

Esta colaboração vem depois de se ter concluído que nenhuma destas duas vacinas estará pronta até ao final do ano, como se previa.

Por sua vez, os criadores da Sputnik V admitiram estar dispostos a “partilhar a sua tecnologia com a Sanofi e a GSK para as ajudar a desenvolver a sua próxima vacina”. Através do Twitter, o Centro Gamaleya e o Fundo de Investimento Direto Russo admitiram considerar que “uma aliança de diferentes produtores é o caminho do futuro”.