Sociedade

Marta Temido emociona-se ao agradecer trabalho dos profissionais do Instituto Nacional Ricardo Jorge

A responsável pela pasta da Saúde apelida o INSA de uma "joia da coroa do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e do sistema científico" português 

A ministra da Saúde, Marta Temido, emocionou-se, esta sexta-feira, durante a cerimónia de aniversário do Instituto Nacional Ricardo Jorge (INSA), em Lisboa, ao agradecer o trabalho dos profissionais da instituição ao longo da pandemia provocada pelo aparecimento do novo coronavírus no país. 

"O INSA está presente, fiável, competente, respeitado a qualquer hora. Sempre", afirmou Marta Temido. "Diariamente, nos nossos emails e grupos de Whatsapp; quinzenalmente, nas nossas reuniões técnicas com partidos; tantas vezes nos nossos meios de comunicação social, nas nossas casas e junto do nosso grande público, através de estudos, projetos, parcerias, colaborações, investigação e metodologias diversas que têm contribuído em muito para a resposta a esta pandemia no nosso país", acrescentou a governante, não conseguindo conter as lágrimas. 

Marta Temido destacou ainda a "coordenação da rede laboratorial de diagnóstico da covid-19" por parte do INSA, através da qual "foram criados sistemas de suporte de registo de informação, avaliação da capacidade de realização de testes e uma reserva estratégica de material e reagentes para o diagnóstico laboratorial" da infeção provocada pelo novo coronavírus.

Durante o discurso, a responsável pela pasta da Saúde apelidou o INSA de uma "joia da coroa do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e do sistema científico" português e agradeceu novamente pela "solidariedade" e pelo "combate à desinformação" sobre o novo coronavírus.