Sociedade

Julgamento sobre morte no Meco arranca em fevereiro

Morreram seis jovens durante uma praxe,  no ano de 2013. 


Setúbal O processo cível movido há cinco anos pelas famílias dos seis jovens estudantes que morreram na praia do Meco durante uma praxe, em dezembro de 2013, vai começar a ser julgado a 2 de fevereiro de 2021. As ações cíveis foram interpostas em 2016 contra o ‘Dux’ João Gouveia e a Cooperativa de Formação e Animação Cultural, CRL (Universidade Lusófona).