Sociedade

PSP e GNR registaram mais de 300 infrações por uso do telemóvel na condução

As forças de segurança fiscalizaram mais de 25 mil veículos e encontraram 5.371 infrações. Entre as quais, 341 são por conduzir e estar ao telemóvel em simultâneo.


Ao abrigo da campanha de Segurança Rodoviária “Ao volante, o telemóvel pode esperar”, a PSP e a GNR tinham como objetivo alertar os condutores para os perigos ligeiros e fatais que o telemóvel potencia para a condução.

Esta ação foi realizada durante os dias 10 a 14 de dezembro em Faro e Loulé, onde foram abordados 88 condutores. No comunicado divulgado pela PSP, a força policial explica que as condições meteorológicas não deixaram executar esta campanha nos restantes locais destinados: Lisboa, Beja, Évora e Setúbal.

Durante a campanha foram enviadas várias mensagens, tais como “conduzir e utilizar o telemóvel” provoca distração e erros na viação, causa dificuldade “na interpretação da sinalização” e ainda desrespeito das regras do código da estrada.

Durante as operações das forças de segurança, realizadas entre os dias 10 e 14 de dezembro, foram fiscalizados 25.404 veículos, tendo sido registado um total de 5.371 infrações, 341 das quais relativas ao manuseamento do telemóvel durante a condução.

Também registaram-se mais de mil acidentes, de que resultaram três mortes e 424 feridos - 18 graves e 406 leves.