Sociedade

Detido jovem de 21 anos por suspeitas de homicídio

A operação de investigação decorria há já dois meses.


Foi ontem detido pelo Destacamento Territorial de Santiago do Cacém um homem de 21 anos na localidade de Alvalade do Sado por tentativa de homicídio e posse de arma proibida. O Comando Territorial de Setúbal da GNR adianta que o suspeito foi detido na sequência de uma investigação que decorria há já dois meses e permitiu “o cumprimento de cinco mandados de busca, duas domiciliárias, duas em anexo e uma em veículo”. Uma fonte da GNR explicou à agência Lusa que a investigação teve início depois de terem sido conhecidos vários relatos e queixas por distúrbios “em que foram efetuados disparos na direção de várias pessoas”.

Ainda de acordo com a GNR, foram apreendidas uma espingarda de caça de calibre 12, uma faca e 18 cartuchos de calibre 12. O detido encontra-se nas instalações da Guarda e vai ser presente ao Tribunal Judicial de Setúbal hoje, para lhe serem aplicadas medidas de coação.

A ação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal, da estrutura de Investigação Criminal do Comando Territorial de Setúbal, do Grupo de Intervenção de Operações Especiais (GIOE) e do Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC) da Unidade de Intervenção (UI).

Também na região de Lisboa e Vale do Tejo foram detidos dois homens por roubo, um deles “sobejamente conhecido” pela PSP. Os suspeitos tinham 31 e 33 anos e foram detidos pela Polícia de Segurança Pública de Lisboa. O de 33 anos acabou por agredir uma vítima “com vários murros na face” depois de a mesma dizer que não tinha um cartão multibanco. O mais novo era já procurado há vários meses, conhecido por se dedicar a crimes contra o património, com ocasional recurso a violência. O primeiro foi condenado a uma medida de coação de apresentações quinzenais e o segundo a prisão preventiva.