Vida

Momento em que Tom Cruise grita com equipa de produção do filme Missão Impossível fica gravado

Tom Cruise ameaçou despedir dois membros da equipa de produção por alegado incumprimento do protocolo covid-19 nas gravações


Tom Cruise ameaçou despedir dois membros da equipa de produção do novo filme “Missão Impossível” por, supostamente, terem desrespeitado as medidas de segurança para a covid-19 durante as gravações. O The Sun divulgou uma gravação onde se pode ouvir a indignação do ator.

“Se fazem isso outra vez, já foram embora”, ameaça Tom Cruise aos gritos. “E se alguém nesta equipa o fizer, idem aspas”, pode ouvir-se num áudio com quase três minutos, onde mantém sempre o tom de voz elevado.

“A única razão pela qual voltaram a fazer filmes em Hollywood somos nós”, afirma, uma vez que o novo “Missão Impossível” é um dos primeiro filmes a retomar a produção durante a pandemia.

“Todos os dias estou ao telefone com estúdios, companhias de seguros, produtores. Estamos a criar centenas de empregos. Não quero voltar a ver este género de coisas, não há desculpas”, acrescentou. “Lamento não querer as vossas desculpas. Se não cumprem as regras, estão fora”, diz o ator de 58 anos.

A estreia do sétimo filme da saga está marcada para o outono de 2021, e tem sido gravado em vários países, como a Noruega, Reino Unido e Itália. Por causa da covid-19, a produção chegou a estar suspensa durante uns dias mas acabou por regressar.