Desporto

Michael Phelps fala sobre doping: "Não sei se alguma vez competi num cenário limpo"

Questionado, numa escala de zero a dez, o quanto os Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo anos, serão limpos relativamente ao doping, o maior campeão olímpico da história não hesitou: "Quatro ou cinco".

A alguns meses dos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021, Michael Phelps falou sobre o problema do doping no desporto e destacou o facto de terem sido realizados menos controlos devido à pandemia.

 “Posso dizer honestamente que, durante toda a minha carreira, não sei se alguma vez competi num cenário totalmente limpo”, começou por dizer em declarações à CNN. “E eu não acho que tenha mudado alguma coisa atualmente. Acho que há muitos problemas por aí e o facto de não estarmos todos limpos é decisivo”, acrescentou o ex-nadador norte-americano.

“Se todos entrassem nas provas dessa forma, genial. Não vejo por que não. Até que isso aconteça, até que todos estejam ao mesmo nível, nada irá mudar”,sublinhou.

Questionado, numa escala de zero a dez, o quanto os Jogos Olímpicos de Tóquio serão limpos relativamente ao doping,  o maior campeão olímpico da história não hesitou: "Quatro ou cinco", respondeu.

Quanto à realização dos Jogos Olímpicos, Phelps considera que o contexto não é fácil para a organização. “Vão ser 10 mil desportistas, mais os voluntários, treinadores… não faz sentido. Não vejo como possa acontecer. Mas estou a torcer para que tudo vá correr bem com as vacinas. Não sei, há muita coisa que desconhecemos”, rematou.