Politica

Acompanhe a audição da ministra da Saúde. Vacinação deposita "enorme esperança"

Marta Temido está a ser ouvida na Comissão Eventual, na Assembleia da República, para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia de covid-19.


 

Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença COVID-19 e do processo de recuperação económica e social Audição da Ministra da Saúde

Publicado por ARTV | Canal Parlamento em Sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

A intervenção inicial da ministra foi dedicada ao processo de vacinação contra a covid-19 e ao reforço das agências europeias, no âmbito da agenda para a saúde durante a presidência portuguesa da UE.

A governante fez questão de sublinhar a “enorme esperança” que está depositada ao processo de vacinação, e lembrou que o Ministério trabalha nele há vários meses.

Sobre a primeira “carga simbólica” das 9.750 doses de vacina,  Marta Temido vincou que o Centro Hospitalar de Lisboa Central e do Hospital de São João “podem não ser os únicos” a beneficiar dela.

“A vacinação será facultativa. Além da identificação dos profissionais de saúde que trabalhem nesses hospitais e sejam elegíveis, a vacinação depende do interesse que os próprios tenham em ser vacinados ou não”, explicou.