Politica

Marisa Matias garante que não vai desistir a favor de Ana Gomes

"Os eleitores conhecem-me há vários anos e sabem perfeitamente que desistir não faz parte da minha trajetória", afirmou.


A candidata do Bloco de Esquerda às eleições presidenciais de 2021 formalizou, esta sexta-feira, a sua candidatura às eleições presidenciais no Tribunal Constitucional e prometeu não abandonar a corrida.

Marisa Matias, em declaraçãos aos jornalistas à porta do TC, colocou de parte a possibilidade de vir a desistir a favor da ex-eurodeputada socialista, Ana Gomes, também ela candidata a Belém.

"Os eleitores conhecem-me há vários anos e sabem perfeitamente que desistir não faz parte da minha trajetória", afirmou, depois de ser confrontada com o facto de Ana Gomes estar indicada como segundo candidato favorito à vitória nas sondagens.

Com o total de 12.204 assinaturas de cidadãos eleitores, Marisa Matias disse que “é preciso haver candidaturas que representem projetos e alternativas para o país. Estamos a falar de uma primeira volta e da necessidade de todos serem representados”.

“Esta é a candidatura que, com força, afirma a defesa do Serviço Nacional de Saúde e dos outros serviços públicos, que combate a precariedade e luta pela igualdade, além daquilo que tem de ser um programa do país de combate às alterações climáticas, em todas as dimensões", acrescentou a candidata

Há cinco anos ficou em terceiro lugar e tornou-se a mulher mais apoiada de sempre em eleições presidenciais em Portugal com 10% dos votos.