Sociedade

Foram diagnosticados mais novos casos no Norte, mas a maior parte dos óbitos ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo

Mais de cinco mil pessoas venceram a doença nas últimas 24 horas.

Portugal registou esta terça-feira mais 2.436 novos casos de covid-19 e 63 mortes associadas à doença. Estes dados, divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS), elevam para 378.656 o total acumulado de infeções no país desde o início da pandemia e para 6.254 o total de óbitos.  

Ao contrário das últimas semanas, em que a maior parte dos óbitos ocorreram na região Norte, foi em Lisboa e Vale do Tejo que morreram mais pessoas devido à covid-19 nas últimas 24 horas: foram registados 26 dos 63 óbitos nesta região. Segue-se o Centro, com 17 mortes, o Norte, com 15, o Alentejo com quatro e no arquipélago da Madeira morreu mais uma pessoa.

Quanto aos novos casos, no Norte foram diagnosticadas 1.047 novas infeções, em Lisboa e Vale do Tejo 639 e no Centro 428. No Alentejo há mais 232 casos e no Algarve mais 38. No arquipélago da Madeira foram identificados mais 39 infeções e no dos Açores mais 13.

O boletim da DGS desta terça-feira revela ainda que o número de internados desceu face ao último balanço. Há agora 3.095 pessoas internadas nos hospitais portugueses devido à covid-19, menos 63 do que ontem. Por outro lado, aumentaram os doentes em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). São agora 508, mais seis do que ontem.

Nas últimas 24 horas venceram a doença 5.222 pessoas – um número superior aos novos casos. No total, Portugal regista já 304.825 recuperados.

Há agora 67.577 casos ativos de covid-19 em Portugal e as autoridades de saúde têm sob vigilância 86.334 contactos.

Consulte aqui o boletim na íntegra.