Vida

Dez anos depois, mulher reencontra irmão sem-abrigo graças a mudança de visual radical

Uma barbearia e loja de roupa masculina transformou João Coelho Guimarães no início deste mês e o caso ganhou destaque nas redes sociais e nos média.

DR
DR

João Coelho Guimarães, 45 anos, é sem-abrigo em Goiânia, no Brasil, e recentemente foi surpreendido com uma mudança de visual, quando o dono de uma loja de roupa masculina e de uma barbearia, chamada Padoo, lhe ofereceu várias roupas e lhe tratou do cabelo e da barba, como noticiou o G1 no início de dezembro. Ora, por causa da reportagem e do destaque que o caso ganhou nas redes sociais, João Coelho Guimarães e a irmã reencontraram-se depois de dez anos sem se verem.

Acontece que Maria Guimarães não sabia do paradeiro do irmão há uma década e, assim que o reconheceu viajou de Brasília para Goiânia, percorrendo cerca de 200 quilómetros. O reencontro aconteceu na loja do empresário Alessandro Lobo, que ofereceu a mudança de visual ao sem-abrigo brasileiro.

Mais do que reencontrar João Coelho Guimarães e dar um abraço ao irmão, a intenção de Maria era tirá-lo das ruas e levá-lo a ir morar com ela.

“A gente quer resgatá-lo dessa vida. Ele tem família. Não sabemos o que o levou a viver assim, mas deve ter os motivos dele. Falta de amor ele não vai ter nunca”, disse Maria Guimarães ao G1.

Mas o irmão recusou a oferta da irmã e vai continuar em Goiânia. Então o que é que mudou? Para além de Maria, João Coelho Guimarães tem outros três irmãos e comprometeu-se a dar notícias à família sempre que puder.

“Ele falou que não quer ir. Eu respeito. O amor não é à força. Você tem que querer. Só de saber que ele está aqui, de pedir para ele não se afastar e para a gente manter contato, já vale”, disse a irmã.