Internacional

Clínica no Reino Unido obrigada a desperdiçar centenas de vacinas por "problemas de refrigeração"

Vacinas da Pfizer/BioNTech têm de ser armazenadas a 70 graus negativos

Por causa de um “problema de refrigeração” um lote com 975 doses da vacina Pfizer/BioNTech contra o novo coronavírus foi desperdiçado, numa clínica em Macclesfield, no Reino Unido.

O lote entregue ao Waters Green Medical Center foi considerado inutilizável e, por isso, os utentes vão ter de esperar mais três semanas para que lhes seja administrada a vacina.

Um homem reformado, citado pelo Daily Mail, relata que a clínica lhe disse duas horas antes da marcação para levar a vacina que afinal não seria possível recebê-la. “Eles telefonaram para pedir desculpas pela necessidade de cancelar devido a um problema técnico”, disse.

Não se sabe ainda se os problemas de refrigeração aconteceram no Waters Green Medical Center ou antes de as doses chegarem.

Recorde-se que as vacinas da Pfizer/BioNTech têm de ser armazenadas a 70 graus negativos e só podem estar entre dois a oito graus positivos nos centros de vacinação até cinco dias.