Politica

"Sejamos comedidos nos nossos anseios"

O Nascer do SOL recorda a primeira mensagem de Ano Novo pós-25 de Abril. Costa Gomes alertou que os próximos meses iriam ser ‘difíceis’. 

A primeira mensagem de Ano Novo a seguir ao 25 de Abril foi concentrada na revolução e nas dificuldades que se avizinhavam. Costa Gomes, que tinha sucedido ao também marechal António de Spínola três meses antes, fez um balanço do 25 de Abril e apontou caminhos para o futuro num período especialmente conturbado da vida política. «O saldo positivo da revolução é francamente alto, talvez espetacular», afirmou o então chefe de Estado.

Costa Gomes destacou que as «experiências válidas» feitas durante os últimos oito meses e «conduzidas por homens saídos do povo e ao serviço do povo». O Presidente da República alertou, porém, que as dificuldades económicas e sociais que se avizinhavam perante uma crise que se «agudizou deste novembro de 1973». O objetivo era baixar as expectativas criadas com a revolução. «Vamos entrar num período económico difícil, sejamos sensatos e comedidos nos nossos anseios e exigências, sejamos eficientes e desmedidos nos trabalhos e esforços que nos couberam».

A mensagem terminou com um apelo aos portugueses para participarem nas «primeiras eleições autênticas» que se realizaram no dia 25 de abril de 1975. 

Costa Gomes apelou aos portugueses para votarem nos partidos «autênticos» e defensores de uma democracia pluralista e livre. «Procuremos desintoxicar-nos da propaganda autocrática do antigo regime, mas evitemos deslumbrar-nos com correntes de pensamento demagógicas do presente», concluiu.