Sociedade

Marta Temido sobre chegada das vacinas a Portugal: "abre-se agora uma janela de esperança"

Primeiro lote, com 9.750 doses, chegou este sábado a Portugal


O primeiro lote das vacinas da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 chegou a Portugal este sábado pelas 9h45 e vai ficar armazenado numas instalações no concelho de Montemor-o-Velho, perto de Coimbra. Para Marta Temido, “abre-se agora uma janela de esperança com uma vacina que se espera que nos ajude a combater a doença”.

Os camiões refrigerados, acompanhados pelas forças de segurança, carregavam duas caixas com 41 quilogramas e a ministra da Saúde esteve presente no processo de abertura das viaturas, que afirmou ser um “marco histórico depois de um ano tão difícil para os europeus”. Marta Temido explicou aos jornalistas no local que o lote chegou a Portugal “a partir de Vilar Formoso” e seguiu por “via terrestre para este local”, onde “foram recebidas seguindo procedimentos técnicos”.

A responsável destacou que “não podemos esquecer que há um combate difícil. Mas há uma oportunidade, uma esperança”, disse.

Este lote, com 9.750 vacinas, vai ser distribuído ainda hoje pelos centros hospitalares universitários do Porto, São João, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central de forma a que a vacinação dos profissionais de saúde comece no domingo, como previsto.

Na segunda-feira chegam a Portugal outras 70.200 doses da vacina da Pfizer/BioNTECH.

Os comentários estão desactivados.