Desporto

Roger Federer não vai jogar no Open da Austrália

É a primeira vez que o internacional de 39 anos anos vai falhar o primeiro Grand Slam do ano, a 8 de fevereiro.


O tenista suíço não vai poder jogar no Open da Austrália, em 2021, já que está ainda em recuperação após ter sido operado ao joelho.

Desde fevereiro que Federer, que conta com 20 torneios de ‘Grand Slam’, estava afastado dos 'courts', mas estava a tentar recuperar o tempo perdido para poder jogar neste grande prémio australiano. No entanto, Federer “não teve o tempo suficiente para se preparar para uma prova como um 'Grand Slam' e está muito triste por não poder ver a Melbourne em 2021”, referiu Craig Tiley, “chefe” do torneio, referindo esperar “vê-lo em 2022”.

Roger Federer está empatado a 20 títulos de ‘Grand Slam’ com Rafael Nadal, que atingiu o vigésimo título em 2020. Na Austrália, o suíço venceu em 2004, 2006, 2007, 2010, 2017 e 2018, e esta será a primeira vez na sua carreira em que falhará este ‘Grand Slam’.