Internacional

Duas centenas de turistas britânicos escaparam à quarentena na Suíça

Turistas deviam ter cumprido quarentena de dez dias na estância de esqui onde estavam, devido à nova variante da covid-19 detetada no Reino Unido.


Cerca de 200 turistas britânicos que deveriam cumprir quarentena numa estância de esqui na Suíça fugiram clandestinamente durante a noite, noticiou a AFP este domingo.

As cerca de duas centenas de turistas faziam parte de um grupo de 420 britânicos que deveriam cumprir dez dias de quarentena em Verbier, na comuna de Bagnes, segundo ordens do Governo da Suíça, a propósito do surgimento de uma nova variante da covid-19 no Reino Unido.

Jean-Marc Sandoz, responsável da comunicação da comuna de Bagnes, depois da implementação destas medidas, a 14 de dezembro, alguns turistas britânicos que estavam naquela estância de esqui quiseram voltar ao Reino Unido, mas outros preferiram ficar.

Jean Sandoz contou ainda que só se deu conta desta fuga depois de os funcionários do hotel terem reparado que os tabuleiros de refeição permaneciam intactos. “Não se pode culpá-los. Para a maioria, a quarentena era insustentável. Imagine moverem-se quatro pessoas num quarto de hotel de 20 metros quadrados”, disse.