Vida

O futuro de Cristianinho nos relvados: "Às vezes bebe coca-cola, refrigerantes, come batatas fritas e sabe que eu fico irritado"

Cristiano Ronaldo acredita que o filho possa vir a ser um grande jogador... mas "ainda não o é".

Antes de ter sido eleito o melhor jogador do século, Cristiano Ronaldo deu uma entrevista onde falou sobre a sua carreira, o futebol em plena pandemia mundial e sobre o seu filho mais velho Cristianinho. Questionado sobre se espera que o menino de dez anos siga as pisadas do pai, o jogador da Juventus admitiu que gostaria de ver Cristianinho a brilhar no relvado e diz que este tem potencial para tal, no entanto, existem alguns "deslizes" que o menor tem de mudar se quer ser como o pai. 

"Vamos ver se vai ser grande jogador. Ainda não é. Às vezes bebe coca-cola, refrigerantes, come batatas fritas e sabe que eu fico irritado. Digo-lhe que depois da passadeira deve mergulhar em água fria, para recuperar, e ele diz 'pai, mas está tão frio...'. É normal, tem dez anos. Ele tem potencial. É rápido, dribla bem. Mas isso não chega. É preciso muito trabalho e dedicação. Não o vou pressionar para ser jogador, mas claro que quero. No entanto, quero sobretudo que ele seja o melhor, seja futebolista ou médico", disse antes da cerimónia dos Globe Soccer Awards.

Cristianinho já veste a camisola da Juventus e representa o clube italiano, tal como o pai, nas camadas mais jovens.