Economia

Novo Banco. PS quer ouvir Fosun na comissão de inquérito

A bancada socialista pretende também ouvir os 10 maiores devedores do Novo Banco, entre os quais consta o presidente do Benfica, assim como  os ministros das Finanças e os governadores do banco de Portugal desde 2014.

 Os deputados do PS querem ouvir a Fosun – principal acionista do BCP – para perceberem o que falhou, em 2015, no processo de venda do Novo Banco.

A bancada socialista pretende também ouvir os 10 maiores devedores do Novo Banco, entre os quais consta o presidente do Benfica, assim como  os ministros das Finanças e os governadores do banco de Portugal desde 2014.

Já o PSD entregou uma lista de 76 entidades que quer ouvir no Parlamento sobre o Novo Banco, entre elas o ministro das Finanças, João Leão, o ex-ministro Mário Centeno e a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde.
Num requerimento dirigido ao presidente da comissão parlamentar de inquérito às perdas registadas pelo Novo Banco e imputadas ao Fundo de Resolução, o deputado Fernando Negrão, do PSD, listou um conjunto de entidades “que considera fundamentais serem ouvidas” para “a descoberta da verdade material sobre a gestão do Novo Banco, desde o momento da sua Resolução até aos dias de hoje”.

Também o grupo parlamentar do PAN quer chamar ao Parlamento 32 personalidades para serem ouvidas na comissão de inquérito ao Novo Banco e solicita ainda o acesso a 17 dossiês de documentação referentes à instituição bancária.
“Pretendemos com estes pedidos procurar esclarecer tudo aquilo que neste momento não é claro quanto à gestão do Novo Banco”, começa por dizer André Silva, citado em comunicado enviado às redações. Para o deputado do PAN, “mais do que andar numa luta política, é importante procurar esclarecer, de forma séria e consequente, todas as dúvidas quanto a estes negócios, as suas ligações e os seus beneficiários efetivos”.

A lista de personalidades inclui “nomes que, direta ou indiretamente, têm estado ligados aos negócios de venda dos ativos ‘tóxicos’ do Novo Banco”, refere o partido. É o caso de Carlos Costa, António Ramalho, Byron Haynes, Luís Máximo dos Santos, Maria Luís Albuquerque, Mário Centeno e Ricardo Mourinho Félix, mas a lista inclui ainda responsáveis do Lone Star, uma ex-funcionária do Novo Banco e o hacker Rui Pinto.
Já o Bloco de Esquerda vai requerer a audição de 18 personalidades na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco. A lista inclui o atual presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e o ex-administrador e sócio da Ongoing Nuno Vasconcellos.