Desporto

É oficial: Tuchel não é mais treinador do PSG

O clube de Paris oficializou a saída de Thomas Tuchel da direção do clube. Na calha está o argentino Mauricio Pochettino.

O despedimento de Thomas Tuchel já tinha sido noticiado há dias pela imprensa francesa, mas o Paris Saint-Germain lançou hoje um comunicado a oficializar o fim do tempo de Tuchel no PSG.

O alemão, que veio do Borussia Dortmund, alcançou, ao comando do PSG, dois campeonatos, uma Taça de França, uma Taça da Liga francesa e duas supertaças de França. A equipa onde joga Neymar, Mbappé e o internacional luso Danilo esteve ainda na final da Liga dos Campeões, no Estádio da Luz, onde viu o título escapar após a derrota perante o Bayern de Munique por uma bola a zero.

O PSG está no terceiro lugar da Ligue 1, a um ponto do Lille e do Lyon, e na Liga dos Campeões terá pela frente o Barcelona nos oitavos de final.

Na lista de candidatos ao lugar, o argentino Mauricio Pochettino, que foi jogador do PSG, é o favorito ao lugar deixado por Tuchel.

Em nota, o presidente do clube, Nasser Al-Khelaïfi, agradeceu o trabalho de Tuchel. "Thomas colocou energia e paixão no seu trabalho, e claro que nos vamos lembrar dos bons tempos que passamos juntos. Desejo-lhe o melhor para o futuro", rematou.