Cultura

Morreu o criador de moda francês Pierre Cardin

Tinha 98 anos.

Morreu, esta terça-feira, aos 98 anos, o designer francês Pierre Cardin. A notícia foi confirmada pela família do criador à agência AFP.

“Um dia de grande tristeza para a nossa família, Pierre Cardin já não está connosco. O grande estilista que ele foi atravessou o século, deixando à França e ao mundo uma herança artística única na moda mas não só", lê-se num comunicado da família. "Estamos todos orgulhosos da sua ambição tenaz e da audácia que provou ter ao longo de toda a sua vida. Homem moderno com múltiplos talentos e energia inesgotável, inscreveu-se muito cedo no fluxo da mundialização dos bens e das trocas", acrescenta.

Símbolo da alta-costura, Cardin nasceu em 1922 na localidade italiana de San’Andrea di Barbarana, mas naturalizou-se em França, onde cresceu e iniciou a sua carreira. Começou a trabalhar aos 14 anos num alfaiate em Saint-Etienne antes de se mudar para Paris, em 1944, para ajudar a desenhar o guarda-roupa e máscaras do filme ‘A Bela e O Monstro’ de Jean Cocteau. O criador foi o primeiro funcionário da primeira loja de Christian Dior em 1947 e, poucos anos depois, abria a sua própria casa em Paris e começava a revolucionar a alta-costura.

Em 1960, Pierre Cardin tornou-se no primeiro estilista a lançar uma coleção de vestuário masculino e tornou-se famoso um pouco por todo o mundo, sobretudo na China e na Rússia.