Vida

"Eu fui muito egoísta. Não a troquei por uma mulher, acho que isso ajuda"

Apresentador recordou o momento em que se separou da mãe da sua filha.


Cristina Ferreira partilhou nas redes sociais um excerto da entrevista que fez a Cláudio Ramos e que será transmitida na íntegra na sexta-feira, 1 de janeiro, na TVI.

O apresentador começou por confessar à colega e diretora de entretenimento e ficção da estação de Queluz que a mãe "foi uma super mulher", referindo-se à sua orientação sexual.

"Nunca disse à minha mãe o que era ou deixava de ser. A mãe sabe", disse.

"Não sou nada o género de pessoa que diz que ficou traumatizado porque o pai lhe dizia que era maricas. Estou-me a borrifar. A minha cabeça estava bem resolvida", acrescentou.

Cláudio Ramos falou ainda sobre a ex-mulher, com quem tem uma filha, e admitiu que esta “sofreu muito”.

"Sofreu mais do que eu. Ela não estava nada à espera. Eu fui muito egoísta. Aí eu sei que fui egoísta", disse, lembrando o momento em que falou sobre a sua orientação sexual e se separou da mãe da filha.

"Não é uma rivalidade, eu não a troquei por uma mulher, acho que isso ajuda muito", destacou.

O apresentador, que no próximo dia 4 de janeiro se vai estrear nas manhãs da TVI, ao lado de Maria Botelho Moniz, disse ainda que este é um sonho tornado realidade.

“Eu sonhei a vida toda fazer as manhãs, eu achava mesmo que eu ia conseguir”, confessou.