Desporto

Sá Pinto oficialmente fora do Vasco da Gama

O treinador português saiu do clube brasileiro e apontou o dedo à falta de apoio, ao incumprimento no pagamento dos ordenados e a uma instabilidade geral no clube.

Ricardo Sá Pinto deixou oficialmente o Vasco da Gama, onde estava desde 14 de outubro. A demissão nasce de uma série de acontecimentos turbulentos e resultados aquém da expectativas - em 15 jogos, conseguiu apenas 3 vitórias -, que levaram mesmo um grupo de adeptos a confrontar o técnico, invadindo o centro de treinos do clube.

A questão financeira jogou aqui também um importante papel, afirmando Sá Pinto que existiam jogadores com vários meses de ordenados em atraso, bem como a equipa técnica, que "não recebeu um único vencimento desde que começou a trabalhar", como noticia o SAPO24.

A derrota perante o Athletico Paranaense por três bolas a zero no domingo, que colocou o Vasco da Gama em 17º lugar, na zona de despromoção, foi o ponto de viragem que viu Sá Pinto findar o seu trabalho no clube carioca, um ano depois de ter sido também demitido do Sporting de Braga.

O treinador e antigo jogador de 48 anos já treinou equipas como o Sporting, Belenenses, Sporting de Braga e Standard Liège.