Sociedade

GNR resgata 25 cães que viviam sem condições de higiene em Seia

Força de segurança encontrou um "cenário de sobrepopulação de cães".

Um homem, de 58 anos, foi constituído arguido pelo crime de maus-tratos a animais de companhia, esta terça-feira, no concelho de Seia.

Em comunicado, a GNR revela que, no âmbito de uma investigação, os militares levaram a cabo uma busca domiciliária, tendo encontrado "um cenário de sobrepopulação de cães, sem condições de higiene, onde era visível a falta de trato dos animais".

A GNR resgatou 25 cães, todos sem identificação eletrónica, sem registo e sem vacinação antirrábica.

O proprietário dos animais foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Seia.

Os animais foram entregues ao Veterinário Municipal.