Internacional

Deslizamento de terras destrói casas e causa pelo menos 10 feridos na Noruega. Há vários desaparecidos

De acordo com as autoridades norueguesas, o deslizamento de terras ainda não terminou e a equipa de resgate ainda está no local do acidente. 

Um grande deslizamento de terras ocorreu durante a madrugada desta quarta-feira na vila de Ask, que fica a nordeste da capital norueguesa de Oslo. Até agora, as informações oficiais indicam que pelo menos 14 casas ficaram destruídas, 10 pessoas sofreram ferimentos e 500 pessoas foram evacuadas de suas casas. Segundo as autoridades norueguesas, o deslizamento de terras ainda não terminou e a equipa de resgate ainda está no local. 

A imprensa norueguesa explicou que deslizamento chegou aos 210.000 metros quadrados, o que criou uma grande ravina que consegue ocupar o espaço de 5.000 pessoas da vila de Ask.

Ao início da tarde, mais de 20 pessoas estavam desaparecidas. “Trata-se de pessoas que têm residência na zona afetada. Pode ser que estas pessoas tenham abandonado o local pelos próprios meios ou ainda lá podem estar”, relatou o chefe de operações da polícia norueguesa, Roger Pettersen, em conferência de imprensa.

Até às 09h00, todos os supostos feridos já estavam no hospital, explicou Roger Pettersen. Dez pessoas foram tratadas em dois hospitais da zona e também pela ambulância no local.

A primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, já deu uma palavra a todas as vítimas do deslizamento através do Twitter, "Dói ver como as forças da natureza devastaram Gjerdrum. Os meus pensamentos vão para todos os afetados pelo deslizamento de terra”.