Economia

Mota-Engil ganha contrato no Gana no valor de 570 milhões de dólares

A Mota-Engil consegue assim o seu segundo maior contrato de sempre. Os trabalhos agora adjudicados correspondem à conceção e construção (reabilitação e expansão) da autoestrada Accra-Tema.


A Mota-Engil ganhou um contrato no valor de 570 milhões de dólares – o seu segundo maior de sempre – para a construção de uma autoestrada no Gana. Em comunicado, a empresa portuguesa informa que concretizou a adjudicação do novo contrato através da “sua subsidiária Mota-Engil Engenharia & Construção África, S.A.”

“Os trabalhos agora adjudicados correspondem à conceção e construção (reabilitação e expansão) da autoestrada Accra-Tema e extensões, num total de 27,7 quilómetros, e decorrerão durante um período de 48 meses”, refere a nota assinada pelo representante da Mota-Engil para as relações com o mercado, Luís Silva.

“Esta adjudicação reforça uma vez mais a carteira de encomendas do grupo, de África, em particular da região oeste do continente, através de um projeto de dimensão relevante e de prazo alargado, assegurando a estabilidade do contributo desta região para o volume de negócios da Mota-Engil”, lê-se ainda no comunicado.