Sociedade

Celeste Heleno tem 100 anos e foi a primeira utente a ser vacinada nos lares no continente

A vacinação contra a covid-19 nos lares de idosos começou hoje em Portugal continental. A primeira vacina foi para uma utente de 100 anos no lar em Mação.

O início da vacinação nos lares de idosos partiu na Casa de Idosos de São José das Matas e de seguida na Santa Casa da Misericórdia de Cardigos, ambos no concelho de Mação, em Santarém. Ao abranger o total de 112 utentes e funcionários das duas instituições, a primeira utente vacinada foi Celeste Heleno, de 100 anos, às 15h10. Seguidos da centenária, serão vacinados ao todo nos dois lares 56 utentes.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, presenciou este momento e em declarações aos jornalistas afirmou que este “é um dia de esperança para todos”, quer para os idosos de todos os lares, quer também para os seus funcionários.

Ana Mendes Godinho também frisou o trabalho do ministério da Saúde que “tem sido incansável no terreno para garantir que esta operação decorra da melhor forma possível”. Ainda declarou que “durante os meses de janeiro e fevereiro”, o objetivo é “ter cerca de 200 mil vacinas a acontecer nos lares nos próximos dois meses, primeira e segunda toma”. Porém, a exceção são os lares em que existem surtos.