Politica

Ana Gomes reage a acusações de Costa a sociais-democratas: "Não vale tudo"

Candidata a Belém mostrou não estar de acordo com a posição do primeiro-ministro.

Ana Gomes considerou, esta quinta-feira, que a posição de António Costa, ao acusar Paulo Rangel, Miguel Poiares Maduro e Ricardo Batista Leite de estarem envolvidos numa campanha para denegrir a imagem externa do país, é “errada e inaceitável”.

"Errada e inaceitável esta posição de António Costa. Não vale tudo", escreveu a candidata presidencial no Twitter, ao partilhar uma publicação de Miguel Poiares Maduro, onde este também se refere à atitude do primeiro-ministro como “inaceitável” e antidemocrática.

De realçar que em causa está a polémica com o procurador europeu José Guerra e a estratégia de combate à covid-19 do Governo. Costa disse que o eurodeputado do PSD Paulo Rangel, o antigo ministro Miguel Poiares Maduro e, "numa outra frente, essa sanitária", o deputado social-democrata Ricardo Batista Leite "lideram uma campanha internacional contra Portugal".