Sociedade

Portugal regista quase 100 mil casos ativos no dia de todos os recordes

Morreram 118 pessoas só nas últimas 24 horas, tendo sido registados mais de 10 mil novos casos.

É o pior dia da pandemia em Portugal, que registou, nas últimas 24 horas, o recorde de novos contágios e de óbitos com mais 10.176 infetados e 118 vítimas mortais. No total, já morreram 7.590 pessoas com covid-19 no país. O número de diagnósticos confirmados sobe para 466.709.

Atualmente, existem 98.938 casos ativos da doença, registando uma subida de 5.578, face ao dia de ontem.

Este é já o terceiro dia consecutivo com os novos casos a rondarem os 10 mil. A região de Lisboa e Vale do Tejo concentra 4.291 dos novos casos, seguindo-se o Norte com 2.969, o Centro com 1.963, o Alentejo com 433 e o Algarve com mais 400. As Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores contabilizam mais 65 e 55 casos, respetivamente.

A maior parte dos óbitos das últimas 24 horas ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (44), no Norte morreram 34 pessoas, no centro 26, no Alentejo 9 e no Algarve três. No arquipélago da Madeira registaram-se dois óbitos.

O número de doentes internados também disparou e atingiu novo recorde, estão hospitalizados mais 118 infetados do que ontem, num total de 3.451. Nos cuidados intensivos encontram-se agora 536 doentes, mais 22 do que no balanço anterior.

Por outro lado os dados relativos às pessoas que ultrapassaram a doença revelam que mais 4.480 foram dadas como recuperados.

Sob vigilância das autoridades de saúde estão neste momento 109.161 pessoas.

Consulte o boletim na íntegra.