Sociedade

Maquinista da CP ferido após comboio ser apedrejado entre Queluz e Amadora

Homem foi transportado para o Hospital Amadora-Sintra.

Um maquinista da CP – Comboios de Portugal ficou ferido, esta sexta-feira, depois de o comboio que conduzia ter sido apedrejado entre as estações de Queluz e Amadora.

Segundo a notícia avançada pelo Correio da Manhã, o comboio foi apedrejado por volta das 14h50. O maquinista acabou por ser atingido por estilhaços de vidro e, já ferido, conseguiu imobilizar o comboio em segurança na plataforma da estação da Amadora.

O homem foi assistido no local pelo INEM e transportado para o Hospital Amadora-Sintra.

De acordo com o mesmo jornal, que cita fonte oficial da PSP, o ataque ocorreu quando o comboio passava junto ao bairro da Estrada Militar.

Segundo a mesma fonte, agentes da Divisão de Segurança a Transportes Públicos da PSP deslocaram-se de imediato para a zona onde terá ocorrido o ataque para identificar o autor ou autores deste.