Internacional

António Guterres avança para segundo mandato como secretário-geral da ONU

Guterres disse que estava “disponível para um segundo mandato como secretário-geral das Nações Unidas, se essa for a vontade dos Estados-membros".

O atual secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, anunciou, esta segunda-feira, a sua candidatura para o segundo mandato de cinco anos que começará em 2022 e termina em 2026.

Esta informação foi avançada numa conferência de imprensa pelo porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric, ao afirmar que o secretário-geral da ONU apresentou esta proposta à presidência da Assembleia-Geral e do Conselho de Segurança, dizendo que estava "disponível para um segundo mandato como secretário-geral das Nações Unidas, se essa for a vontade dos Estados-membros".

É de mencionar que, na manhã desta segunda-feira, a agência Bloomberg citou dois diplomatas que avançaram com a possibilidade de Guterres anunciar a vontade de permanecer na liderança da ONU.

O primeiro mandato de António Guterres como secretário-geral da ONU iniciou-se em janeiro de 2017, com o objetivo de cumprir cinco anos neste cargo, e acaba no final deste ano.